domingo, 27 de fevereiro de 2011

TEM CARA QUE É CEGO OU NÃO PRESTA ATENÇÃO QUANDO ESTA EM CASA

O presidente da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, cochicha alguma coisa no ouvido do secretário de imprensa, Ricardo Kotscho, durante uma solenidade no Palácio do Eliseu, em Paris.  Os jornalistas brasileiros pressionam o secretário de imprensa: querem porque querem saber o que o presidente brasileiro teria confidenciado. Por acaso, alguma revelação sobre os diálogos com o então presidente da França, Jacques Chirac ? Quem sabe, algum desabafo sobre a agenda sobrecarregada ?  O secretário da imprensa desconversa, inventa uma desculpa, não diz o que ouviu . Se dissesse, certamente arrancaria risadas. Depois de ter apontado para uma madame que exibia um esplendoroso chapéu verde na cerimônia oficial no Palácio, o presidente Lula na verdade tinha dito o seguinte, ao pé do ouvido de Ricardo Kotscho:  “Você já viu mulher mais feia na vida ?”.

Descoberto o “Homem do Barba” que tinha acesso livre ao Palácio do Planalto “em qualquer tempo e qualquer circunstância”


O PC do B se sente perseguido pelo PT porque acredita que o aliado está por trás da avalanche de denúncias que colhe o partido. A palavra “denúncia” é ruim. Há mesmo uma avalanche de fatos. De 2003 a 2007, mais de R$ 12 bilhões saíram dos cofres públicos para ONGs. O “amor” pelo estado, no Brasil, não respeita fronteiras ideológicas. Há os “apaixonados” de direita e os apaixonados de esquerda, desde que possam sangrar seus recursos, seja em nome do “bem da nação”, seja em nome do “bem do povo”. Em países em que o estado é pequeno, as empresas privadas disputam o mercado para fornecer serviços públicos; em países em que o estado é gigante, as empresas públicas satisfazem interesses privados, com a mediação dos governantes de turno.
A VEJA desta semana traz uma reportagem impressionante de Rodrigo Rangel e Daniel Pereira. Ela diz respeito a este homem.
jose-carlos-bumlaiQuem é ele. Leiam trechos. Volto em seguida:
O senhor da foto acima se chama José Carlos Bumlai. É um dos maiores pecuaristas do país, amigo do peito do ex-presidente Lula e especialista na arte de fazer dinheiro - inclusive em empreendimentos custeados com recursos públicos. Até o ano passado, ele tinha trânsito livre no Palácio do Planalto e gozava de um privilégio sonegado à maioria dos ministros: acesso irrestrito ao gabinete presidencial. Essa aproximação excepcional com o poder credenciou o pecuarista a realizar algumas missões oficiais importantes. Ele foi encarregado, por exemplo, de montar um consórcio de empresas para disputar o leilão de construção da hidrelétrica de Belo Monte, uma obra prioritária do governo federal, orçada em 25 bilhões de reais. Bumlai não só formou o consórcio - integrado pela Chesf e pelas empreiteiras Queiroz Galvão, Gaia e Contem, estas duas últimas ligadas ao Grupo Bertin, um gigante do setor de carnes - como venceu o leilão para construir aquela que será a terceira maior hidrelétrica do mundo. O homem das missões impossíveis, porém, se transformou num problema constrangedor.
(…)
Ele gosta de contar a amigos que, certa vez, durante um sonho, uma voz lhe disse para se aproximar do então candidato Lula. Na campanha de 2002, por meio do ex-governador Zeca do PT, Bumlai conheceu o futuro presidente e cedeu uma de suas fazendas para a gravação do programa eleitoral. São amigos desde então. Seus filhos também se tornaram amigos dos filhos de Lula. Amizade daquelas que dispensam formalidades, como avisar antes de uma visita, mesmo se a visita for ao local de trabalho. Em 2008, após saber que o serviço de segurança impusera dificuldades à entrada do pecuarista no Planalto, o presidente ordenou que fosse fixado um cartaz com a foto de Bumlai na recepção do palácio para que o constrangimento não se repetisse. O pecuarista, dizia o cartaz com timbre do Gabinete de Segurança Institucional, estava autorizado a entrar “em qualquer tempo e qualquer circunstância”.
Voltei
Lendo a reportagem, vocês verão que o amigão de Lula, com acesso livre ao Palácio do Planalto, foi diversificando seus interesses. No caso de Belo Monte, informa a revista, “o que era para ser uma missão de interesse exclusivamente público começou a derivar para o lado oposto. O governo descobriu que o pecuarista estava usando a influência e o acesso consentido ao palácio para fazer negócios privados. O Planalto foi informado de que Bumlai, por conta própria, estaria intermediando a compra de turbinas para a usina de Belo Monte com um grupo de chineses. A orientação do governo era exatamente contrária: em vez de importar peças, elas deveriam ser produzidas no Brasil, para criar empregos aqui.”
A reportagem informa que o negócio com os chineses foi abortado e que  o atual governo cassou o livre acesso de Bumlai ao Planalto e aos ministérios. Um ministro afirma: “Em diversas ocasiões, Bumlai trabalhou em nome do ‘Barba’. Mas também usou o nome do ‘Barba’ sem que o ‘Barba’ tivesse autorizado”. O “Barba”, por metonímia, é o Apedeuta por epíteto… Há duas semanas, o grupo Bertin caiu fora de Belo Monte. O BNDES não aceitou as garantias oferecidas para conceder o empréstimo. Mas o amigão de Lula sempre contou com a generosidade do banco oficial. Informa a VEJA:
“Até pouco tempo atrás, o BNDES estava longe de ser um entrave para os planos de Bumlai. Alguns dos maiores negócios dos quais participou tiveram financiamento do banco. É o caso da Usina São Fernando, em Mato Grosso do Sul. Em 2008, o BNDES aprovou um financiamento de cerca de 300 milhões de reais para a usina. No papel, o empreendimento tem como proprietários os filhos de José Carlos Bumlai e o Grupo Bertin. A sociedade Bertin/Bumlai também é proprietária de um jato Citation, já utilizado algumas vezes pelos filhos do ex-presidente Lula, e de um apartamento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, que recebeu o ex-presidente e a família no Carnaval de 2009.”
Leiam a reportagem. Bumlai conseguiu, por exemplo, vender uma fazenda para o Incra com um sobrepreço, acusa o Ministério Público, de quase R$ 8 milhões. Empreiteiras reclamam da sua interferência na Petrobras… E vai por aí. Vejam esta imagem:
jose-carlos-autorizacao
É o cartaz que Lula mandara afixar na portaria do Palácio do Planalto dando acesso irrestrito a seu “amigo”. Os termos são inequívocos:
“O sr. José Carlos Bumlai deverá ter prioridade de atendimento na portaria Principal do Palácio do Planalto, devendo ser encaminhado ao local de destino, após prévio contato telefônico, em qualquer tempo e qualquer circunstância”.
Convenham: nem Marisa Letícia podia tanto! Esse é o tipo de licença que não se concede nem a um testa-de-ferro!
Por isso eles amam tanto um “estado forte”! Porque, num estado forte, a República costuma ser fraca!
Por Reinaldo Azevedo

Policial preso na Operação Guilhotina iria vender dois fuzis por R$ 150 mil ao tráfico

Ernesto Carriço/Agência O Dia
Policial conhecido como Trovão foi preso na Operação Guilhotina
Publicidade
Entre os policiais preso pela Operação Guilhotina, desencadeada pela Polícia Federal no dia 11 de fevereiro, e que indiciou 45 pessoas, a maioria policiais civis e militares, a do policial civil Leonardo da Silva Torres, conhecido como Trovão, é a mais complicada.
Além das acusações de receber R$ 100 mil mensais de dois traficantes para vazar informações sobre operações policiais e vender armas para o crime, o inspetor foi flagrado em uma interceptação telefônica na qual reclama de um policial por ele não ter “entocado” dois fuzis apreendidos em uma operação. Pelo armamento, Trovão conseguiria R$ 150 mil.
As investigações apontam ainda um desentendimento entre os integrantes do grupo formado por Trovão, pela desconfiança de que estariam sendo investigados, principalmente após uma visita da corregedoria da Polícia Civil.
Em depoimento, o cabo da PM Aldo Leonardo Premoli Ferrari, conhecido como Léo Ferrari, acusa Trovão de ter mandado R$ 20 mil para um informante para que ele “calasse a boca”. O depoimento deste informante foi que iniciou as investigações da Operação Guilhotina.
Segundo o relatório da Polícia Federal, Ferrari disse, em depoimento, ter sido ameaçado por Trovão e que teria subtraído R$ 130 mil durante uma operação policial, quando os agentes eram lotados na Dcod (Delegacia de Combate às Drogas).
Durante interrogatório, o próprio Trovão disse não descartar a possibilidade da negociação de armas e drogas e o fornecimento de informações privilegiadas entre policiais de sua equipe e o traficante conhecido como Roupinol, ex-chefe do tráfico do Complexo de São Carlos, morto durante uma operação policial em março do ano passado.
O policial também é mencionado nos depoimentos de policiais que integram outro grupo investigado pela Polícia Federal.
O PM Ivan Jorge Evangelista de Araújo admite a entrega de produtos apreendidos para moradores do Alemão na ocupação de novembro, assim como para informantes, em troca de informações. Além disse, ele disse em interrogatório que Trovão usa o nome de Evangelista para pegar “arrego” na favela da Rocinha.
Leonardo da Silva Torres ficou conhecido na polícia do Rio por usar farda camuflada durante as operações em favelas e principalmente por fumar charuto após as operações. O destaque rendeu ao inspetor uma participação no documentário britânico Dançando com o Diabo.
Em uma cena do filme, o policial participa da apreensão de maconha em uma operação na favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio. Ao colocar os tabletes da droga em sacos plásticos, o policial diz sentir satisfação em “tomar” a droga dos traficantes e acrescenta: “só os bons policiais sentem isso”.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

SUGESTÃO DE PENTEADOS PARA O FINAL DE SEMANA

MAIS UM QUE QUER UMA BOQUINHA

Marcos Lula, filho do presidente Lula e de Marisa Letícia, pode ser candidato a vereador em 2012 por São Bernardo. "Vou estimulá-lo", diz Luiz Marinho, prefeito da cidade. A candidatura de Marcos foi impugnada em 2008 porque ele era parente do presidente. Com o pai fora do cargo, o filho estaria liberado pela lei eleitoral.


PQP vamos ter que aguentar mais uma dinastia. Agora a da republica de  garanhuns

SALTO ALTO

Cleones Ribeiro/TV Cultura


Depilado e de unhas feitas, o cartunista Laerte fala sobre sua vida e o "cross-dressing" no "Provocações" (TV Cultura) do dia 1º de março, às 23h


|OLHA A CURVA

VAMOS INICIAR UMA CAMPANHA DE APOIO

" Se o Lula fosse candidato à presidência na Argentina, ganhava "

Duda Mendonça , o marqueteiro, citando pesquisa segundo ele realizada há dois anos

VOU ME NATURALIZAR ARGENTINO

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

LISTA DE SEGUIDORES SUMIU

Caros amigo a lista dos seguidores sumiu peço a gentileza de se cadastrarem novamente, desculpem o contratempo.

NAVIO NEGREIRO MODERNO


A forma que os passageiros das companhias aéreas no Brasil e um escárnio,   criou-se durante o governo  atual a máxima de que finalmente o transporte aéreo foi democratizado. E eu digo grande coisa, pois  a qualidade do atendimento é a nível de navio negreiro.  Se analisarmos os animais são transportados em melhores condições do que os passageiros das companhias aéreas.  Eu sou do tempo da saudosa VARIG, VASP e TRANSBRASIL, onde você podia viajar  sem  que o queixo encostasse no joelho, servia-se um  lanche descente e não barras de cereais.  O café e a água  eram gratuitos , hoje não são cobrados  e seus  preços são  de bordel.
Comprei  uma passagem na WEBJET através do site Decolar .com, como minha filha não vai retornar na data marcada, resolvi pedir reembolso ou remarcar a passagem para outra data.
Liguei  para operadora e fui informado sobre minhas opções.
Se eu quisesse o reembolso pagaria uma multa de R$150,00  para a WEBJET e mais R$50,00 para a decolar,  só esclarecendo que a passagem custou R$225,00 , resumindo eu seria garfado em R$200,00, recebendo como reembolso a espetacular quantia de R$25,00, sendo que se eu aceitasse esta proposta alem de aceitar o roubo(sim este é o nome que encontro para este tipo de proposta) e passaria atestado de imbecil.
A segunda opção seria remarcar para outra data, neste caso a passagem ficaria em R$ 270,00 e eu teria que pagar mais R$ 50,00 para a decolar , totalizando R$320,00 sendo abatido o valor de R$225,00 já pago na primeira vez.
Tentei entrar em contato com a ANAC  e qual não foi minha surpresa  ao ouvir a gravação inicial, onde sou informado que qualquer problema com companhia aérea deve ser resolvido diretamente com ela  ou  então procurar um Tribunal de Pequenas Causas . Diante desta informação desisti de apresentar qualquer reclamação para a ANAC, pois seria perda de tempo, já que a agencia que deveria fiscalizar não fiscaliza.
Ora diariamente ouvimos falar de overbooking, que não é nada mais que vender a lotação de um avião duas vezes,  isto tem um nome estelionato, pois vendem uma coisa que não tem condição de entregar.  Nestes casos eles ficam de embromando , e os prejuízos causados aos passageiros não são reembolsados e elas   não são punidas pela ANAC.
Pergunto  qual  é a finalidade de termos uma Agencia que não fiscaliza nada, que não vê os absurdos cometidos pelas companhias aéreas, se for para ser apenas mais um cabidão de emprego, esta mais do que na hora de ser fechada, pois garanto que economizaríamos um valor expressivo .  Volta e meia lemos que funcionários da agencia recebem descontos  de 70% na compra de passagem , e tem upgrade para a primeira classe em viagens internacionais. Sendo assim para eles está tudo bem, mas os trouxas e idiotas que ficam mofando nos aeroportos não estão satisfeitos com os serviços prestados por estas empresas.
Ainda existe mais uma pratica que não entendo, você compra uma passagem e ela é intransferível,  se você não for viajar ou morrer perde a passagem pois não pode ser alterado o nome da pessoa que iria usar esta passagem, qual é o problema, se para embarcar a pessoa yem que se identificar e a alteração é feita no computador e não é como era antigamente que se emitia o bilhete  antecipadamente. .
Com a palavra as companhias aéreas e a ANAC.

Comeu escondido em criança…

Segundo a Constituição da República Federativa do Brasil (1988) existem 3 poderes: Executivo, Legislativo a Judiciário. Todavia, desde 2003, quando o governo brasileiro foi assumido pelo Partido dos Trabalhadores – PT, que o Brasil está sendo dominado, quase que de forma ditatorial pelo Executivo, o outros dois se vêem anulados, por pressão, constrangimento ou corrupção.
Por isso causa uma certa surpresa saber que o  Ministério Público Federal ajuizou uma ação civil pública contra o ex-presidente Lula e o ex-ministro da Previdência Amir Lando (fotomontagem).
Chego a pensar que a presidente Dilma sentido-se incomodada na sua mal humorada prepotência, com a inconveniente onipresença de seu antecessor, está dando a maior força para que o cafezinho servido a Lula seja cada vez mais frio.
Existem outras coisas estranhas nesse novo caso, pois ambos  são acusados de gastarem R$ 9,5 milhões com promoção pessoal  e favorecimento ao Banco BMG, um dos envolvidos no caso do mensalão.
Sim, mensalão, aquele mesmo que Lula quando presidente, em dezembro passado, pensando que o país é composto por um bando de imbecis,o negou numa entrevista que concedeu a rádios comunitárias: “Tentaram fazer comigo o que vocês viram em 2005 e só não foram mais adiante porque eles tinham medo da minha relação com a sociedade brasileira e eles não sabiam o que poderia acontecer neste país”.
Não  satisfeito com essa desfaçatez , poucas semanas depois voltou a dizer quase a mesma coisa, numa espécie de solenidade de despedida dos integrantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social: “Vocês viram o que aconteceu comigo em 2005”, bradou. “Mais uma vez (sic) se tentou truncar o mandato de um presidente democraticamente eleito”.
Esse argumento de Lula, feito quando todos sabem que o mensalão inquestionavelmente existiu, leva às seguinte dúvidas: Se Lula comeu cocô escondido quando era criança, ou se o excesso de álcool ingerido tenha  destruido de forma definitiva grande  parte de seus neurônios.
Os brasileiros exigem um basta na impunidade que foi um fator marcante nos seus 8 anos de governo. Vale lembrar, que se a lei for comprida condenando Lula e Lando, estes  terão que devolver todos os valores gastos, perderão os direitos políticos (não poderão concorrer a cargos públicos), pagarão multa e ainda ficarão proibidos de contratar com o Estado e receber incentivos fiscais do governo.
( Giulio Sanmartini)

Sexo mata

Mulher de 103 anos diz que segredo da longevidade é nunca ter feito sexo
                     Se para "viver" tanto o preço é este prefiro viver menos mas ter algum prazer na vida.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Faltam três horas para Dilma Primeira deixar de entregar aos brasileiros…

… estes itens:
- 10,5 quadras;
- 5,42 creches;
- 2,31 postos policiais;
- 6,95 Unidades Básicas de Saúde;
- 0,4 UPA
Amanhã a conta muda, vocês lembram? Muda o divisor, mas o dividendo continua o mesmo, o que ela o quociente do estelionato eleitoral.
Por Reinaldo Azevedo

Pausa para a música em especial para os apreciadores

Super sincero

Inducação no Pais do ENEM





Nossa Senhora do Cadeado

Mais uma foto feita pelo amigo Glaucio
Amigo Luiz  Augusto  seja Bem Vindo, a casa é sua. Obrigado

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Foto feita por um amigo de Minas Gerais - Seja Bem Vindo

Rio Araguari, nas proximidades da estação "Rio das Velhas" Foto de Glaucio Henrique Chaves  de Araguari.

Pausa para a música

ABSURDOS 3

Publicar postagem

MENTIRA TEM PERNA CURTA

Agora, todo mundo sabe que o que caiu foi a desigualdade entre salários, mas não entre a renda do capital e a do trabalho. E esta é a desigualdade de fato obscena.
Muito bem. Agora, surgem dados que põem em dúvida até a queda tão celebrada da desigualdade entre assalariados. São dados do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), organismo oficial e bastante empenhado, de resto, na propaganda do governo.
O que diz o estudo? Que o desemprego aumentou entre os 10% mais pobres no período 2005-2010. Exatamente o período em que tanta gente se ufanava de que a desigualdade diminuíra.
Vejamos a comparação: em 2005, 23,1% da população mais pobre estava desempregada. No ano passado, esse número saltou para 33,3%. Já entre a parcela da população de maior poder aquisitivo, o desemprego diminuiu 57,1% nesses cinco anos. Caiu de 2,1% para 0,9%.
Mais: o desemprego entre os mais pobres, que era 11 vezes maior em 2005, pulou para 37 vezes mais cinco anos depois.
A notícia colhida nesta Folha acrescenta a palavra de técnicos do Ipea: "A taxa de desemprego, que tende a ser mais elevada entre os trabalhadores de menor rendimento, tornou-se ainda mais um elemento de maior desigualdade no mercado de trabalho".
Cadê o Brasil maravilha do apedeuta. 

SERIA CÔMICO ...

FANTASIA DE CARNAVAL

A Terra quadrada de Lula


 Quem disse que Lula recebeu convite de um país europeu para dar uma palestra por 100 mil dólares? Essa informação só pode ter vindo dele ou de um de seus recadeiros, para reforçar o fato que a verdade não está sendo dita, o ex presidente fez doce afirmando que por menos de 200 mil nada feito, porque isso é o que ganha o ex-presidente estadunidense Bill Clinton. Me conta outra!
Fernando Henrique Cardoso, cuja capacidade intelectual e reconhecida por estes lados, recebe por palestra os 100 mil que Lula não quer.
Os europeus podem até pagar mais, mas para ouvir besteiras ou palhaçadas eles tem circos ótimos e bem mais baratos.
O que Lula viria dizer aos europeus?: Que  não é poluição que está prejudicando meio-ambiente, mas as impurezas no ar e na água é que fazem isso? Ou que é tempo da raça humana entrar no sistema solar? Poderá dizer mais, que lamenta não saber latim, para poder falar com todos os da América Latina. Ou quem sabe, inventar uma viagem que Napoleão jamais fez, enfeitada por algo que nunca disse:  “Quando Napoleão visitou a China, ele cunhou uma frase que ficou famosa. Ele disse: A China é um gigante adormecido. No dia em que acordar, o mundo vai tremer.” Também terá espaço para colocar o novo continente que ele inventou:  “Países do tamanho da Síria, países do tamanho do Brasil, continente como o sul-americano ou como o continente árabe não podem mais, no século XXI, ficar à espera de serem descobertos”.
Todavia tenho certeza que sua palestra terá um sucesso estrondoso quando o Velho Mundo ficar sabendo que as variações climáticas e a poluição só acontecem porque a Terra não é quadrada: “Então, essa questão do clima é delicada por quê? Porque o mundo é redondo. Se o mundo fosse quadrado ou retangular, e a gente soubesse que o nosso território está a 14 mil quilômetros de distância dos centros mais poluidores, ótimo, vai ficar só lá. Mas, como o mundo gira, e a gente também passa lá embaixo onde está mais poluído, a responsabilidade é de todos”.
Um dia talvez entenderei como ele conseguiu ser por 8 anos presidente do Brasil.

(Prosa & Politica)

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011






 
 
 

Pausa para a música

 
PARTE1 


 
PARTE 2

A HIENA RECOMENDA - Human Planet - series trailer - BBC One


disponível para download  em http://www.emuleto.com/seriados/00752.html - os 4 primeiros capítulos legendados .
Pelo  trailer parece ser muito bom.

TROFEU OLEO DE PEROBA

"Não é divididinho, é unidinho. O partido está inteiro, vibrante. Houve um entendimento de natureza política, não teve vitória ou derrota".

Paulo Teixeira, líder do PT na Câmara, sobre o acordo que determinou o rodízio entre João Paulo Cunha e Ricardo Berzoini na presidência da Comissão de Constituição e Justiça, caprichando nos diminutivos para referir-se à indicação para o cargo de um dos protagonistas da superlativa roubalheira do mensalão, que rima com ladrão.